• ads

Depoimento do Maestro Seiji Yokoyama — Jump Gold Selection 1

By admin
In Estafe & Elenco — Entrevistas e Depoimentos
set 11th, 2013
0 Comments
992 Views

“Trata-se de uma produção felizarda, na qual as pessoas do estafe dão valor à música.”

   Considerando que eu já havia trabalhado, em programas diferentes, com o senhor Yoshifumi Hatano, com o senhor Kōzō Morishita e também com o senhor Morihiro Kawada* (produtor da TV Asahi), nosso reencontro em Seiya foi como uma reunião de ex-alunos, sabe? (Risos.) Sendo assim, foi fácil penetrar na produção.

   No caso dos animes com difusão comercial na TV, no que tange à música, a praxe é compor todas as músicas de fundo que usarão no seriado e entregá-las antes de a transmissão se iniciar; contudo, particularmente em Seiya, incluindo os filmes, tenho recebido o favor de me permitirem gastar mais do que o usual em animações convencionais com orquestras sinfônicas e afins.

   Na medida em que o pessoal do estafe, começando pelos produtores, dá valor à música, é uma bênção. Na hora de fazer as músicas, como meu método consiste em, primeiramente, pedir que me informem sobre os personagens e, inspirado por isso, construir uma imagem interna e ir escrevendo, não costumo ter muito contato com o mangá ou script. Quanto à música em si, inclusive em Seiya, esforço-me para fazer um som asséptico, músicas sem vulgaridade.

   Neste ano, recebi o Prêmio da Música de Animes por Seiya; estou feliz por terem considerado que o modo que as fiz é compatível com os personagens desenhados pelos senhores Kurumada e Araki. Na verdade, acho que tudo se deve ao apoio dos fãs, por sempre assistirem à transmissão.

   É claro que eu também estou envolvido, mas, de qualquer forma, os desenhos são incríveis. (Risos.) São tão minuciosos, tão detalhados que o pessoal do estafe deve ficar em apuros toda semana. Por ficar tão íntimo dos 5 protagonistas, eu sofro como se fossem da minha família… (Risos.)

   Como fico presente até a finalização dos filmes cuja música é de minha responsabilidade, no momento de assistir à primeira prévia, meu coração já fica palpitando. Sou tão fã da Shaina que pedi ao pessoal do estafe uma imagem em celuloide. (Risos.)

   O filme deste verão também… Eu gostaria que viessem aos cinemas para vê-lo sem falta.

*Obs.: embora não se possa precisar se a confusão foi gerada pelo profissional responsável pela transcrição dos depoimentos ou pelo maestro Yokoyama, os nomes dos produtores da TV Asahi Morihiro Katō e Masayoshi Kawata foram amalgamados.
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *